Mantendo patos de estimação: imprinting, tratamento ético e patinhos

O objetivo deste artigo, o primeiro de uma série, é fornecer informações cruciais sobre como manter os patos saudáveis ​​desde o momento em que eles são patinhos até a idade adulta. Contando com experiência pessoal e fontes confiáveis, você receberá informações detalhadas e links e questionários que o preparam para ser o melhor tratador de aves aquáticas de acordo com uma abordagem orientada a espécies.

Orientado a espécies: Cultivar, abrigar e interagir com espécies não humanas, a fim de beneficiar essas espécies da melhor maneira possível.

Neste artigo, você encontrará as seguintes informações abordadas:

  • Como é ter patos de estimação?
  • Manutenção Ética do Pato
  • O que é impressão?
  • O Patinho

Meus patos jogando três anos atrás

Como é ter patos de estimação?

Os patos são adoráveis ​​e bagunçados. Não deixe seu exterior fofo de patinho te enganar: há uma razão pela qual a letra da música antiga da Vila Sésamo " Rubber Ducky" diz "Rubber ducky, você é o único!" Como patinhos de borracha, patinhos reais vêm em uma infinidade de cores. Ao contrário de patinhos de borracha, patos de verdade cocô ... em todo lugar, o tempo todo . Essa é apenas a ponta do iceberg.

Embora possa ser uma intensa experiência de aprendizado, manter patos de estimação é agradável e gratificante. Os patos, como outros animais de estimação, podem ser companheiros que trazem alegria para a nossa vida cotidiana. Eles iluminam nosso humor e trazem calma para a paisagem. Um pato, nas circunstâncias certas, pode ser o melhor amigo de uma pessoa. Um anjo cambaleante disfarçado que pode ser ensinado a brincar e * andar de carro conosco enquanto entregamos os papéis. Os patos não são apenas divertidos de assistir, mas também fornecem fertilizantes para o seu jardim e até ajudam a eliminar insetos. Como detentor de patos, você logo aprenderá que Bob Tarte não estava brincando quando intitulou seu livro de não ficção sobre a vida com patos de estimação e outros animais, Enslaved By Ducks .

Minha experiência com patos de estimação impressos e não-imprimidos me ensinou em primeira mão que criar patos não pode ser tomado de ânimo leve e requer muita consciência. Nos últimos anos, gastei vários milhares de dólares em contas veterinárias e conduzi um pato indiano ferido chamado Mary centenas de quilômetros a um hospital de animais que trata animais de estimação exóticos. Eu segurei a pequena Mary em meus braços quando ela deu seu último suspiro. Chorei como um bebê quando perdi uma das minhas meninas, Dali, para um predador e ri com tanta alegria das palhaçadas do meu rebanho que juro que elas são um bom remédio. Aprendi por tentativa e erro, em muitos casos, o que funciona e o que não funciona. Passei muitas horas de trabalho duro no sol quente, meus olhos ardendo de suor salgado, esvaziando e enchendo baldes de água, substituindo palha e cavando vermes para sua diversão.

Cuidado com a distinção entre informações sobre patos de estimação e informações publicadas com o objetivo de cultivar patos para abate . Há uma diferença. Como pato, tive que deixar de lado o que achava que sabia, mesmo as antigas lições aprendidas na fazenda em que cresci, pois havia assumido vários mitos sobre patos domésticos e os aceito como fatos. Nos últimos cinco anos, foi um curso intensivo para aprender sobre aves aquáticas. Manter patos de estimação não é o mesmo que criar patos para abate. Claro, acho que todos os patos devem ser animais de estimação. Os livros sobre criação de animais para abate não detalham personalidades animais ou outras observações de senso comum que diminuem a diferença entre seres humanos e outras espécies. Felizmente, os livros são escritos com o cuidado íntimo de patos de estimação em mente, como O melhor guia para animais de estimação: Todas as coisas que você precisa saber antes e depois de levar para casa seu amigo de penas por Kimberly Link, presidente do Majestic Waterfowl Sanctuary, que eu recomendo.

Um dia típico com patos de estimação pode variar de sair logo pela manhã a liberar o rebanho de sua casa à prova de predadores para a caneta à prova de predadores, alimentando e fornecendo água e guloseimas a eles, até acordar para trocar um pato fralda e / ou banho para um pato interno.

Nota:

É obrigatório que os patos sejam mantidos em áreas completamente varridas e / ou aspiradas, livres dos menores pedaços de plástico, metal, barbante ou qualquer coisa que um pato possa ingerir. Os patos são notórios por ingerir objetos brilhantes que causam toxicidade por metais pesados, o que leva a paralisia e mortes horríveis devido à falência de órgãos. Mesmo um único centavo, uma pequena descoberta de jóias de metal ou um grampo pode matar seu pato! A ingestão de objetos estranhos também pode ocorrer em pátios desarrumados e áreas de forrageamento.

Um pato impresso - um pato que foi criado a partir do momento da eclosão por um humano e, portanto, vê o cuidador humano como pai ou mãe - pode se acostumar a andar de carro como minha Louise gosta. Os patos impressos podem acampar com você (embora você deva mantê-los ao seu lado o tempo todo ou em uma caixa) ou sair para brincar na casa de um amigo (você não vai querer levá-los para uma fazenda ou um lago público onde possam doenças contratuais). Se o seu pato estiver em uma fralda, você precisará trocá-la a cada hora.

Alguns patos impressos, como uma galinha da Louisiana que eu tive o privilégio de "cuidar de patos" durante o verão de 2012, estão completamente acostumados a uma rotina centrada no ser humano e não querem nada com outras aves aquáticas. Outros patos impressos, como Louise, meu patinho Cayuga Augie ou Sao-Ree, se acostumam a um rebanho maior e decidem que preferem ficar do lado de fora, mesmo durante os meses de inverno. (Não é aconselhável que os patos sejam sujeitos a flutuações graves de temperatura, se evitáveis, pois podem causar pneumonia.)

Os patos de estimação devem ser cuidados quando o pessoal sai de férias. Se você planeja deixar a cidade, mesmo em um fim de semana, os patos devem ser verificados com frequência, porque eles lamam a água e tendem a realizar inúmeras atividades perniciosas durante o dia e a noite. Os patos também devem ser retirados de suas canetas à prova de predadores pela manhã e guardados à noite. No começo, pensei que seria fácil encontrar uma babá de pato, mas descobri que muitas pessoas não entendem a importância da troca de água ao longo do dia ou não desejam lidar com o esvaziamento de grandes piscinas infantis. Algumas pessoas, acreditem ou não, têm medo de patos e gansos, e eu ficaria desconfiado de qualquer um que expressasse um ligeiro medo de aves aquáticas, pois elas podem negligenciar o cuidado uma vez sozinho com as tarefas em mãos. Assistentes de pato confiáveis ​​são raros, mas eles existem.

Em poucas palavras, se você tem patos de estimação, esteja preparado para:

  • Contas veterinárias
  • Cuidados veterinários (localize um veterinário aviário que trata de patos antes de levar um pato para casa)
  • Contas de alimentação
  • Pesquisando as melhores práticas, tanto em andamento quanto antes da criação de patos
  • Pesquisando raças de aves aquáticas para descobrir quais patos são adequados para você
  • Dando tempo e energia física para cuidar de seus patos
  • Lavar fraldas e cobertores (patos internos)
  • Comprar arreios de fraldas (patos internos)
  • A água muda várias vezes ao dia
  • Compra de unidades de degelo para baldes de água durante o inverno
  • ** Manter uma casa e um quintal limpos (livres de metais, plásticos etc.)
  • Compostagem e / ou descarte adequado de cocô e roupa de cama usada
  • Orçamento extra de supermercado para produtos orgânicos locais
  • Quacking barulhento (se feminino)
  • Mordendo e perseguindo
  • Muitas perguntas de estranhos e amigos que estão curiosas ou se perguntam "por que patos de estimação?"
  • Limpar canetas e fornecer roupas de cama novas
  • Investir em materiais à prova de predadores e construir canetas adequadas para inverno e verão
  • Emergências: condições climáticas extremas, doenças e acidentes
  • Encontrar uma babá de pato confiável
  • Condições climáticas: granizo, calor, frio, vento, tornados, etc.

Nota:

Nunca deixe animais de estimação sem vigilância em veículos.

Manutenção Ética do Pato

A manutenção ética de patos ocorre quando alguém decide criar ou cuidar de patos de estimação pelas razões certas. É muito comum que as pessoas tomem decisões bruscas quando se trata de posse de animais de estimação. Quem pode resistir aos adoráveis ​​beijos, à fofura adorável de um patinho? Aquele bebê macio e pequeno que você quer pegar e se abrigar de tudo cresce em questão de semanas. Uma síndrome de "quanto é esse patinho na janela" pode levar a vários cenários prejudiciais, sendo um deles o abandono.

O abandono de animais domésticos é cruel. Embora atualmente a legislação não cubra muito, se é que há alguma coisa, a respeito da liberação de patos e gansos domésticos nos parques da cidade ou na natureza, ela é considerada crueldade de acordo com os entusiastas de aves aquáticas e qualquer pessoa que pense bastante sobre o assunto.

  1. Por que liberar um patinho ou pato adulto em um parque da cidade com um lago ou na natureza é considerado cruel?
    • O ponto a ser lembrado é que existem patos domésticos e patos selvagens e migratórios. A maioria das raças de patos domésticos - exceto os muscovies e os patos - tem corpos muito grandes e asas muito curtas para voar. Voar é a maneira como os patos selvagens evitam predadores. Os patos domésticos também são mansos, e não selvagens, embora possam fugir, parecer selvagens ou até mesmo fugir, em alguns casos.
  2. Patinhos (e patos adultos) não têm como se proteger na natureza. Muitas pessoas compram patinhos como presentes de Páscoa ou para projetos em sala de aula, sem pensar em um plano de longo prazo para o cuidado dos patinhos depois de atingirem a adolescência e além. Como os patinhos crescem rapidamente - às vezes uma diferença de crescimento pode ser observada em um único dia - e dobram, até triplicam de tamanho dentro de uma semana a partir do momento em que foram adquiridos, eles geralmente acabam sendo libertados em lagoas locais com os chamados "amigos de patos" "onde se supõe que eles vão nadar e voar e viver uma vida longa e feliz. Este não é o caso. Os patinhos liberados nos parques, ou na natureza, mesmo onde existem bandos estabelecidos, na maioria dos casos acabam mortos, e apenas em casos raros (em comparação com os que perecem) os patos domésticos são resgatados pelos santuários de aves aquáticas.
  3. Os patos são seres sociais que vivem em grupos sociais comumente chamados rebanhos - eles são chamados de jangadas ou remos quando nadam em grupos na água - nos quais existe uma hierarquia estabelecida. É comum que os machos machucem ou matem patinhos. Os drakes podem ser territoriais e agressivos, principalmente durante a estação de acasalamento. Mesmo que um patinho pareça grande o suficiente para se defender, não é. Se um pato não ataca o patinho, muitas outras criaturas, inclusive, para citar apenas alguns: corvos, corvos, cães, gansos, pelicanos, tartarugas, falcões, jacarés e até pessoas.

Mais uma vez, considere uma alternativa à compra de animais vivos como presentes de feriado. Para obter mais informações sobre a manutenção ética de aves aquáticas, visite o banco de dados de artigos do Majestic Waterfowl Sanctuary intitulado Artigos sobre aves aquáticas: propriedade responsável de aves aquáticas.

O que é impressão?

Antes de imprimir aves aquáticas, é importante pesquisar e ter um conhecimento básico da psicologia do pato, especialmente se você pretende criar um pato interno. Os patos têm necessidades diferentes das dos humanos. Por exemplo, os ciclos de postura dos ovos de galinha de pato serão interrompidos se eles forem expostos à luz por longos períodos de tempo durante os meses de inverno, quando as horas de verão são mais curtas no exterior. Curiosos por natureza, os patos também são atraídos por inúmeros objetos encontrados casualmente sobre os espaços humanos, como grampos, moedas de um centavo e outras mudanças, descobertas de jóias, enfeites ou até pequenos pedaços de papel alumínio nas bordas de frascos de condimentos ou suportes de remédios. Os cuidadores de patos têm muito em conta, deve haver uma universidade mãe-patinho!

A impressão descreve a maneira pela qual os pássaros jovens identificam o primeiro ser que encontram após a eclosão como mãe.

Konrad Lorenz, conhecido como o pai da impressão de gansos cinzentos, era um ornitólogo especialista que estudava meticulosamente a impressão de gansinhos selvagens em cuidadores humanos. Lorenz escreveu o livro Here I Am - Where Are You? - Um estudo ao longo da vida do comportamento estranhamente humano do ganso bravo (1988) Traduzido por Robert D. Martin de Hier bin ich - wo bist du ?. Embora não apóie as noções políticas de Lorenz, recomendo a leitura de seus estudos e de outras pessoas sobre impressões, incluindo o documentário original da PBS My Life as a Turkey, disponível para assistir gratuitamente no site da PBS, que compartilha a jornada do artista da natureza Joe Hutto, que imprimiu um bando de perus selvagens que foram deixados como ovos em uma cesta à sua porta.

É provável que os patinhos imprimam (o apego de um patinho à mãe) em um ser humano, especialmente se forem obtidos em qualquer idade desde o nascimento até os cinco dias de idade, especialmente se não houver outros patos por perto (embora possa haver casos de impressão que ocorreram mesmo após cinco dias). Patinhos impressos precisam de cuidados constantes. Uma coisa é sonhar em andar pela pista com um patinho nas curas e outra é acordar às 2 da manhã com um cocô no travesseiro porque alguém tentou imprimir um único patinho e não tem idéia do que esperar . Não apenas o patinho pode gritar por conforto, mas se você não sabe como acalmar o patinho de volta a dormir como um pato-mãe, o patinho pode, infelizmente, acabar sozinho - calar a boca em outro quarto enquanto você volta dormir.

Antes de pensar em imprimir, várias perguntas devem ser consideradas:

  1. Tenho tempo (patos impressos ou não impressos)? Imprimir e ser uma mãe pateta é um trabalho constante que dura vários meses. Durante esse período, os deveres de ser mãe patinho exigirão que você durma ao lado do patinho, coma ao lado do patinho, brinque ao ar livre por horas ao lado do patinho, mantenha o patinho quente, impeça o patinho de chorar, aprenda o mesmo do patinho da mãe fale como você puder e deixe seu patinho apenas com uma babá experiente por curtos períodos de tempo.
  2. Eu tenho paciência? Patinhos cocô muito. Eles não podem controlá-lo. Eles não podem ser treinados em caixas de areia. Enquanto alguns anunciam e vendem fraldas para "patinhos", é minha experiência que os patinhos são extremamente desconfortáveis ​​em fraldas antes das quatro a seis semanas de idade e que colocar fraldas em pequenos patinhos pode causar danos às asas ou a outras partes do corpo. Além disso, muitas vezes não vale a pena a despesa e a luta, pois os patinhos crescem tão rapidamente no momento em que encaixam em um cinto de fraldas que o superam. Eu tentei fazer fraldas de patinho com meias e pedaços de material elástico, mas os patinhos se contorcem com elas ou simplesmente não se encaixam direito. Patinhos não podem ser "disciplinados". Sob nenhuma circunstância um patinho deve ser golpeado, tapa ou sacudido. São bebês sensíveis, com ossos frágeis e notas delicadas.
  3. Eu tenho os recursos? Imprimir um patinho exige prudência, porque o patinho que vê um humano como sua mãe vai crescer e se tornar um pato adulto com necessidades de pato adulto. Essas necessidades incluem espaço à prova de predadores, companhia (os patos não podem ser mantidos sozinhos), cuidados veterinários (geralmente tão caros quanto o tratamento para cães e gatos e mais difíceis de encontrar em alguns casos), arreios e fraldas (se o pato for mantido dentro de casa) e eu disse atenção? Acima de tudo, um pato impresso precisa de você .
  4. Eu tenho permissão? Se você tem pais, proprietários ou alguém importante, é melhor que todos os detalhes sejam resolvidos antes de obter um pato de estimação. Quais são as leis de zoneamento da sua cidade para manter aves?
  5. Estou comprometido? Novamente, não posso reiterar isso o suficiente: você pretende manter seu pato seguro até o final de sua vida? Como em qualquer outro ser vivo, os patos merecem um lar para sempre. Em casos extremos, pode acontecer que você não consiga manter seu animal de estimação. Esteja ciente de que existem resgates de aves aquáticas e grupos de amantes de patos com contatos localizados em todo os EUA (e no mundo) que às vezes estão disponíveis para ajudar em casos de emergência. Nunca espere, no entanto, que você possa encontrar novos pais para o seu pato, principalmente se o pato tiver necessidades especiais.
  6. Meus outros animais de estimação estarão seguros perto de meus patos de estimação? Você tem cães ou outros animais de estimação que representam perigo para pequenos animais?

Pontas do cuidado do patinho

As aves altriciais nascem nuas e cegas e, portanto, permanecem dependentes dos pais para alimentação e proteção. Os patinhos são o que é conhecido como precocial: capaz de deixar o ninho dentro de dois dias após a eclosão para perseguir insetos, mergulhar na água e correr; no entanto, os patinhos ainda dependem do pato mãe, desde o momento em que são postos como ovos, para obter calor e orientação.

Durante o período de incubação (28 dias para as raças de pato-real / 35 dias para os muscovies) até a eclosão, as galinhas de pato sentam-se na ninhada para mantê-las aquecidas, para que se desenvolvam dentro do ovo, assim como os mamíferos se desenvolvem dentro do útero. As galinhas de pato até se comunicam usando vocalizações, vários cantos e clucks, com seus patinhos através da casca de ovo muito antes de os patinhos eclodirem. Os patinhos ouvem a voz da mãe e começam a responder assim que formam as estruturas vocais para fazê-lo. Dessa forma, os patinhos formam um vínculo chamado impressão - o reconhecimento de que é mãe - o que também pode ocorrer após o nascimento do filhote.

Alguns animais são sociais, enquanto outros são independentes. Os patos são altamente sociais, como seres humanos, golfinhos, corvos e lobos, entre outras espécies. Os animais sociais têm uma necessidade inerente de estar com outras espécies, desde o nascimento até a morte. A maioria dos animais sociais passa seus dias e noites forrageando, brincando, tomando banho, comendo e dormindo juntos. Isso significa que um patinho não pode chocar e sobreviver sozinho. Um único patinho não pode ser deixado em uma gaiola ou caneta, mesmo com uma lâmpada de calor, comida adequada e água, sozinho por qualquer período de tempo além do que seria necessário para um humano usar o banheiro. De fato, quando imprimi patinhos, eles me acompanharam pela casa enquanto eu concluí várias tarefas.

Quando as mães de patos desaparecem, os patinhos emitem uma chamada estridente que soa como "Ee-Ee-Ee-Ee!" Na Internet, você pode encontrar muitos casos de patinhos, solteiros ou de ninhada, com o pescoço esticado no alto, as boquinhas abrindo e fechando enquanto pronunciam essa chamada "perdida". Eles fazem isso porque estão assustados. O chamado "perdido" é um sinal de estresse, um pedido de conforto e, portanto, os patinhos precisam ser devolvidos à segurança. É por isso que os patinhos impressos em humanos não podem ser deixados sozinhos. Se os patinhos foram impressos um no outro, eles podem se sentir confortáveis ​​uma vez retornados juntos à sua ninhada.

O que é necessário para cuidar de patinhos?

  1. Água: uma tigela de água pesada o suficiente para evitar tombos, profunda o suficiente para permitir a limpeza das narinas, mas superficial o suficiente para que os patinhos não possam se afogar. Água constantemente atualizada disponível, porque os patinhos podem facilmente asfixiar na ração ou sufocar a vegetação que está presa na garganta devido ao corte em pedaços muito grandes e, portanto, precisam de água para lavar a comida.

  2. Consciência: Ao contrário da crença popular, patinhos impressos e patinhos sem mães de galinha correm risco de se afogar porque não foram devidamente oleados. Os patos têm uma glândula de óleo na base de suas caudas. As galinhas de pato lubrificam seus patinhos usando suas próprias glândulas de óleo, que os patinhos não desenvolveram completamente o uso em seus próprios corpos; portanto, os patinhos que não têm patos-mãe cuidando deles tendem a ficar molhados e pesados, o que leva ao afogamento. Se você precisa tomar banho com patinhos, supervisione e dê a eles acesso a um banho raso com "ilhas" para se sustentar. Se a piscina deles não for uma banheira dentro de sua casa, a banheira em que eles estão tomando banho precisará de entradas e saídas seguras adicionais, como rampas, para que possam entrar e sair quando quiserem.

  3. Alimentação adequada: a alimentação específica para os patos é difícil de encontrar e não está prontamente disponível no mercado comercial. Uma alternativa é realizar pesquisas (por conta própria) e misturar uma alimentação nutricionalmente adequada. Um ponto de partida seria a página "Feeding Ducks" da Faculdade de Agricultura e Ciências da Vida da Carolina do Norte. Existem várias marcas de ração comercial amplamente aceitas para patos de estimação. Até marcas caras e sofisticadas geralmente vêm dos mesmos fabricantes que produzem versões low-end de alimentos comercializados sob diferentes rótulos. Depois de vários anos experimentando a postura de ovos, muda e outras complicações depois de alimentar as marcas de "lojas de ração", descobri o melhor para ser um alimento de frango orgânico certificado pelo USDA que deve ser pedido de um estado diferente do onde eu moro aqui no EUA Um fazendeiro orgânico local faz pedidos em massa desse alimento que ele revende ao público. É importante que os patinhos com até 3 semanas de idade recebam uma dieta com 20% de proteína, que pode ser encontrada em alimentos para animais. Após 3 semanas de idade, os patinhos podem ser trocados para o mash de camada que contém 16% de proteína. Meus patos parecem mais saudáveis ​​quando alimentados com uma dieta sem milho. Muitas pessoas se comprometeram com uma dieta não medicamentosa e sem OGM, tanto para si quanto para seus animais de estimação, e, portanto, buscaram alternativas para todos os alimentos comerciais. Pode ser difícil mudar para misturas caseiras ou fazer alterações no feed, mas com tempo e esforço, é possível. Depois que os ingredientes separados são coletados e combinados, oferecer o novo alimento pode parecer qualquer outra rotina e os pontos positivos, no final, superam em muito os negativos.

  4. EVITAR Alimentar Patinhos Medicados Iniciantes em Pintinhos: Os patinhos são mais sensíveis a alguns dos produtos químicos contidos em iniciantes e patinhos medicados e têm hábitos alimentares diferentes dos pintinhos. Os pintinhos dão pequenos beijinhos, enquanto os patos se desfazem. O problema pode não ser o alimento medicamentoso com moderação, mas a quantidade de medicamentos consumidos pelos patinhos devido à forma como eles se alimentam, o que pode causar uma overdose nos medicamentos e levar a complicações. A Universidade de Minnesota relata em sua página agrícola sobre criação de patos, que "o uso incorreto de certos alimentos medicamentosos formulados para galinhas e perus pode prejudicar os patinhos". Estudos como "Medicamentos anticoccidianos e desempenho de patinhos com quatro semanas de idade" estão disponíveis na Internet em resumo. É relatado por várias fontes, incluindo The Poultry Site e o Departamento de Agricultura e Alimentos do Governo da Austrália Ocidental, que a coccidiose (uma doença parasitária espalhada pelas fezes) é rara em patos. Esses estudos podem ser confusos, mas investigar o assunto valerá a pena. Em alguns casos, o feed inicial do gamebird pode ser solicitado nas lojas de feeds, principalmente nos EUA.

  5. Fonte de calor: Os patinhos devem ser mantidos aquecidos. Pense na mãe com as penas e a temperatura corporal média entre 104 e 106 graus Fahrenheit, as asas abertas para que a ninhada possa se aconchegar ao lado dela para se aquecer. Ao usar uma lâmpada de aquecimento, lembre-se de que existem lâmpadas à luz do dia e lâmpadas à noite. As lâmpadas térmicas são perigosas e requerem montagem segura e monitoramento frequente para garantir que não haja flutuações de temperatura. Se os patinhos estiverem amontoados perto da lâmpada de calor, eles podem estar muito frios. Se eles estiverem amontoados em um canto distante da chocadeira, a lâmpada poderá precisar ser elevada mais, longe dos patinhos, porque pode estar muito quente. É importante que os patinhos sejam mantidos em horário diurno / noturno, de acordo com o que está acontecendo ao ar livre. Eu mantive patinhos únicos e impressos ao meu lado à noite em uma almofada de aquecimento coberta com uma toalha e depois sobrei com um lençol, o patinho livre para encontrar um local perfeito em dobras e camadas de tecido em que a temperatura estava correta - como um patinho seria capaz de fazer se estivesse aninhado sob uma mãe patinha.

  6. Liberdade: Na minha experiência, os patinhos não gostam muito de ser contidos, se é que gostam, embora gostem de se abraçar dentro de roupas ou no colo de uma mãe humana. As galinhas de pato são um "dossel de proteção" para sua ninhada, permitindo que seus patinhos entrem e saiam sob a segurança de suas penas de galinha sempre que os patinhos desejarem. As galinhas de pato usam várias chamadas para reunir sua ninhada. Você pode experimentar com quais chamadas os patinhos devem responder e descobrir se fizer um longo e prolongado "Quuuuuuaaaaaaaaaaaaaaack!" repetido várias vezes, seu patinho pode correr para o seu lado. Esta é uma chamada de aviso que indica perigo.

  7. Guloseimas: NÃO ALIMENTE O PÃO DOS PATINHOS. As guloseimas apropriadas para os patinhos incluem tomate picado, melancia, brócolis, couve-flor, bok choi, verduras-leão orgânicas e ervilhas misturadas com água. Os patinhos também gostam de insetos, é claro, como grilos. O pão não é um bom presente para os patinhos, porque não é nutritivo. Atualmente, a maioria dos departamentos de parques instalou placas proibindo a alimentação de aves aquáticas migratórias por esse motivo, assim como a alimentação de aves migratórias selvagens as impede de migrar durante o inverno, o que as deixa desamparadas. Observe que o espinafre, embora considerado nutritivo, é ruim para os patos por causa do ácido oxálico que se liga ao cálcio e outros minerais do sangue do pato, causando deficiência de cálcio.

  8. Roupa de cama: se você estiver criando patinhos (e patos adultos), precisará de roupas de cama apropriadas, como lascas de pinho, embora eu tenha aumentado a maioria das minhas em toalhas que lavei com a mangueira e lavei na máquina de lavar com água sanitária.

  9. Habitação: Um cercadinho ou área de habitação segura. A chocadeira para patinhos deve estar livre de cantos e fios pontiagudos e NÃO PODE TER UM INFERIOR FIO. As partes inferiores dos fios causam feridas nos pés de qualquer idade. Bumblefoot é o desenvolvimento de nódulos de pus nos pés sensíveis das aves aquáticas, e algumas outras espécies, que causam dor, mancando e a possível perda de dedos ou até a morte. Dependendo da gravidade da infecção, os patos podem precisar de cuidados veterinários imediatos. Em outros casos, onde o bumblefoot não é incapacitante, um sapato de neoprene pode ser criado ou comprado e a área mantida limpa até que o pé possa curar. A cirurgia para remover o bumblefoot é cara e dolorosa. Prevenção é melhor. (Existem sapatos de pato disponíveis on-line para patos com feridas que podem levar à infecção ou para aqueles que estão se recuperando de uma cirurgia de remoção do pé bumble.) Se os patinhos forem mantidos do lado de fora com fontes de calor apropriadas, etc., a caneta deverá ser à prova de predadores, incluindo um topo seguro com malha (a toda a volta) pequena o suficiente para impedir a entrada de todos os predadores e até pássaros pequenos. A parte inferior da caneta também deve ser à prova de predadores - a maneira mais comum é cavar em torno da caneta pelo menos 30 cm para despejar concreto ou incorporar parte da cerca profunda o suficiente para que os predadores não possam escavar a caneta.

Dica: pesquise on-line por ideias à prova de predadores. Meus bandos de adultos estão dentro de uma garagem de concreto à noite, com um monitor de bebê e um alarme de fumaça. Durante as noites particularmente frias, eles têm um aquecedor de ventoinha de 360 ​​graus ajustado a 70 graus F. O aquecedor fica no centro da sala, a cerca de um metro ou um metro do chão, e é amarrado firmemente a um suporte e preso a uma corda que se conecta a vigas suspensas e mantidas limpas de penas e poeira.

Um desafio gratificante

Manter os patos como animais de estimação é gratificante e desafiador, mas acima de tudo, é um compromisso que devemos estar prontos para assumir durante toda a vida do (s) pato (s). Ao contrário de nossos cães e gatos domesticados, os patos domésticos não são tão carinhosos ou dependentes, mas se apegam a nós e dependem de nós da mesma maneira que nossos cães e gatos, exigindo proteção contra os elementos e predadores, incluindo carros em ruas movimentadas . Eles precisam de atenção, nutrição adequada e interação ao longo da vida conosco, com suas mães ou cuidadores de patos.

Mantendo patos de estimação: teste seus conhecimentos

ver estatísticas do questionário
Etiquetas:  Roedores Répteis e anfíbios Pássaros